Estas são algumas recomendações para tornar sua rede Wi-Fi ainda segura e afastar os riscos de roubo de dados.

Com a acensão do armazenamento em nuvem, a internet tornou-se um recurso muito funcional para guardar informações importantes. Mesmo que você não a use para manter arquivos e pastas, em algum momento suas informações percorrem a rede até chegar em outro ponto para, enfim, serem armazenadas.

Você pode até ser uma daquelas pessoas que não confiam de forma alguma na internet para manter seus arquivos, e prefere mantê-los ali, nos computadores da sua empresa. Se estes computadores estiverem ligados a outros através da conexão de rede local, por meio de um roteador conectado a internet, e o Wi-Fi oferecido aos clientes envia o sinal a partir do mesmo equipamento, é melhor tomar muito cuidado.

Oferecer internet para seus clientes utilizando essa mesma conexão para trafegar arquivos confidenciais – inclusive imagens de câmeras do CFTV – pode colocar sua segurança em risco. A invasão ao roteador Wi-Fi não é complexa mesmo para hackers iniciantes que podem desconfigurar sua rede e até invadir os computadores conectados.
Há formas de manter a segurança da sua rede Wi-Fi. Confira:

1. Não dê mole para os invasores
O primeiro erro, e um dos mais comuns, é não definir um nome de usuário e senha seguros para o acesso ao painel de configuração dos seus roteadores. Talvez você nem saiba que isso existe e apenas confiou no técnico do provedor que instalou o equipamento de Wi-Fi. Informe-se a respeito e reforce esta barreira.

2. Diferencie suas conexões
Quer segurança? Então diferencie a conexão que você usa para seus computadores e periféricos da conexão oferecida aos seus clientes. Criar duas redes Wi-Fi é uma das maneiras mais eficientes. Se os clientes usam a rede “Restaurante”, crie a “Restaurante Privado” apenas para você e sua equipe. Verifique se seu aparelho oferece essa funcionalidade. Alternativamente, você pode solicitar ao seu técnico que instale uma rede cabeada, que é ainda mais segura, para os equipamentos da empresa.

3. Esqueça das senhas fáceis
Crie uma senha segura para sua rede privada. Sequências de números (123456), telefones ou referências comuns, como o nome do seu negócio, não são suficientemente seguras. Tente algo com números e letras aleatórias e com pelo menos 15 caracteres.

4. Escolha um equipamento decente
Não é raro que negócios utilizem equipamentos roteadores de padrão residencial. Muitas empresas se contentam com o dispositivo que a provedora do sinal fornece ou vão compram o modelo mais barato na prateleira das lojas de informática. Esta muitas vezes é a razão para frequentes invasões e principalmente pela lentidão das conexões.

Para oferecer acesso à internet para clientes e visitantes é necessário contar com um equipamento adequado. Existem diversas marcas e modelos de roteadores que custam apenas uma fração adicional dos produtos domésticos e garantem muito mais estabilidade, velocidade e segurança. Ainda não se convenceu? Bom, reconsidere sabendo que optar pelos produtos de prateleira é o mesmo que ir para um rally 4×4 usando um carro econômico compacto.

5. Monitore a banda da sua rede
Vírus são o pesadelo de todo computador. Usuários mais leigos caem em armadilhas elaboradas por pessoas mal intencionadas para baixar voluntariamente um vírus para seus equipamentos, abrindo uma grande brecha para invasões. Uma das mais comuns é o download de vírus através de torrents, canais específicos para baixar grandes arquivos como filmes. Uma maneira de evitar o download indevido desses arquivos é monitorar o consumo de banda ou até limitá-la. Ao ficar atento a este ponto você pode averiguar porque algum dispositivoestá consumindo mais internet do que as outros e intervir.

6. Contrate o WSpot
Vamos ser práticos: é muita coisa para se preocupar não é mesmo? E se você pudesse contar com uma ferramenta que permite que você faça configurações simples por meio de uma interface amigável e que ainda permite o cadastramento de todos os clientes e visitantes do seu estabelecimento? O WSpot é exatamente o que você precisa. Além da segurança garantida e da minimização de todos os riscos você ainda pode utilizar a base de dados dos usuários cadastrados para realizar campanhas de comunicação com clientes, estimulando novas vendas e mais eficiência. E o melhor, o custo da solução é facilmente pago pelos resultados alcançados e pelos problemas evitados.

Não perca tempo e comece hoje mesmo a testar o WSpot. Acesse este link e descubra.